Por: Ariston Sal Junior | 4 anos atrás
Reprodução/Internet

Reprodução/Internet

Diante de denúncias de que a Prefeitura de Massaranduba estaria descumprindo a lei federal que prevê a meia entrada para estudantes, a promotora Graziele Cunha instaurou procedimento administrativo preliminar e recomendou que o benefício seja legalmente  respeitado durante a Fecarroz, tanto na venda antecipada de ingressos quanto na hora do evento, que acontece entre os dias 25 de abril a 4 de maio. O Ministério Público ressaltou no documento que os postos de venda têm a obrigação de informar de maneira adequada e clara as regras que preveem desconto de 50% a esta parcela da população. O vereador Giovanni Tonet (PT) já havia levantado o assunto na tribuna e protocolou ainda requerimento para obter informações quanto aos custos do município na contratação de bandas nacionais. Na resposta preliminar ao MP, a Prefeitura garante que está seguindo a lei.

Fonte: OCP Online