Por: Gabriela Bubniak | 2 anos atrás

Se você é daqueles aventureiros que adora caminhar, pedalar e escalar, e mora em Jaraguá do Sul (ou já veio passear por aqui), provavelmente já deve ter desfrutado da agradável – porém cansativa e suada, à pé – subida no Morro das Antenas.

Mas você já parou para se perguntar quais são as subidas mais duras do país? Uma delas é justamente o percurso do nosso famoso morro! Quem determinou isso foi o site Aventrilha que, através do Strava – um desses aplicativos para registrar pedaladas, caminhadas e corridas via GPS – foi atrás dessa informação.

Depois de pesquisas no site da plataforma, foi possível chegar a uma lista das 5 subidas mais difíceis do Brasil! E, no final, ainda são dados os critérios que foram utilizados para atribuir pontos para cada subida. Dá uma olhada:

5ª: Morro das Antenas (SC)

Foto: Blog Viagem em Família

Foto: Blog Viagem em Família

Localizado na cidade de Jaraguá do Sul, a subida do Morro das Antenas é uma parede! Com quase 13% de inclinação média, o trecho poderia facilmente ser chamado de Muro das Antenas e possui a maior inclinação de todas as subidas da lista.

Isso faz com que o Morro, apesar de ter uma distância percorrida relativamente curta – 6,4km – tenha um assustador ganho de elevação de mais de 800m! Coisa de louco.

– Inclinação média: 12,83%
– Ganho de elevação: 821m
– Distância percorrida: 6,4km
– Superfície: Terra
– Altitude máxima: 850m
Pontuação final: 26,89

(Veja aqui o segmento)

4ª: Serra da Estrela ao Morins (RJ)

travessia-petro-tere05

Essa é a mais curiosa das integrantes da lista. Este incrível segmento só ter tido 31 tentativas por 18 pessoas.

(Nota: Um leitor do blog informou que o grande volume de carros e más condições da estrada tornam ela um lugar um pouco inóspito)

O segmento, que consiste em absurdos 1406m de ganho de elevação, parte de Vila Inhomirim rumo às Torres dos Morins, na cidade serrana de Petrópolis. Apesar da inclinação não ser uma dais mais elevadas de nossa lista, o fato da estrada ser quase completamente composta de paralelepípedos torna a subida possível  quase que somente de Mountain Bike.

-Inclinação média: 8,47%
-Ganho de elevação: 1406m
-Distância percorrida: 16,6km
-Superfície: Paralelepípedos
-Altitude máxima: 1449m
Pontuação final: 26,98

(Veja aqui o segmento)

3ª: Estrada das Pedrinhas (SP)

serra-da-mantiqueira-11-768x512

Única representante paulista da lista, a Estrada das Pedrilhas é um colosso! Toda em terra, a estrada é rota de peregrinação para Aparecida e já foi muitas vezes utilizadas por provas de MTB da região.

Podemos dizer que a terceira colocada da lista é a subida mais penosa do estado de São Paulo. Se você e seus amigos estão planejando aquele “longão”, considere subir a Estrada das Pedrinhas em Guaratinguetá chegando em Campos do Jordão de um jeito diferente.

-Inclinação média: 7,73%
-Ganho de elevação: 1244m
-Distância percorrida: 16,1km
-Superfície: Terra
-Altitude máxima: 1863m
Pontuação final: 27,03

(Veja aqui o segmento)

2ª: Pedra de São Domingos (MG)

5d_MG_0187-745219-768x512

Digna de segundo lugar, a Pedra de São Domingos pode ser considerada a subida em estrada de terra mais difícil de todo o Brasil!

Localizada na cidade de Córrego do Bom Jesus, em Minas Gerais, a escalada até a Pedra conta com inclinação de quase 10% e também possui a maior altitude máxima de todas as subidas presentes na lista: 1902m!

Muita gente acredita que a subida está em Cambuí, porém esta leva o título somente por ser a cidade mais famosa da região.

-Inclinação média: 9,86%
-Ganho de elevação: 1095m
-Distância percorrida: 11,1km
-Superfície: Majoritariamente em terra
-Altituda máxima: 1902m
Pontuação final: 27,72

(Veja aqui o segmento)

1ª colocada: Estrada Paraty – Cunha (RJ)

paraty-capa-768x307

A subida mais imponente do Brasil se encontra na divisa entre o estado do Rio de Janeiro e São Paulo. Alie o fator ganho de elevação e inclinação a uma altíssima umidade relativa do ar e às altas temperaturas do litoral do RJ e pronto, temos um monumento na Serra da Bocaina.

Para se ter uma ideia, uma das subidas mais duras do Tour de France, o Mont Ventoux, possui ganho de 1539m contra 1504m da estrada Paraty – Cunha e aqui estamos falando de uma estrada de bloquetes, não de asfalto, e que até há pouco tempo era completamente de terra.

Quer mais uma comparação? Peguemos também uma subida do Tour, dessa vez o famoso Alpe d’Hueze suas 13 curvas: 8,66% de inclinação lá na França contra 8,69% aqui no Brasil.

A estrada pode ser, com coragem, subida com bikes de estrada, o que torna esse um passeio muito interessante, sendo que no estado de SP as estradas já são todas asfaltadas. Vale o pedal!

-Inclinação média: 8,69%
-Ganho de elevação: 1504m
-Distância percorrida: 17,3km
-Superfície: Bloquetes
-Altitude máxima: 1530m
Pontuação final: 28,26

(Veja aqui o segmento)

Todas as subidas mencionadas acima merecem nossa atenção. Mais um fator de comparação: A famosa Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina acumularia 18,70 pontos e portanto não faria parte nem de nosso Top 10. Portanto estamos falando aqui de subidas extremamente duras!

Como funcionou a pontuação

Só subidas com pelo menos 800m de ganho de elevação e 7% de inclinação média fariam parte da lista. A partir disso foi formado um ranking das subidas dando pontos para cada uma da seguinte maneira:

1- Cada 1% de inclinação equivale a 1 ponto.
2- Cada 100m de ganho de elevação equivale a 1 ponto.
3- Subidas:
3.1-  Totalmente em asfalto levam 1 ponto
3.2- Asfalto+terra ou paralelepípedo ou bloquetes levam 3 pontos
3.3- Majoritariamente em terra levam 5 pontos
4- Cada 1000m metros de altitude máxima equivale a 1 ponto.

Fonte: Aventrilha
Foto: Blog Viagem em Família