Por: João Marcos | 7 anos atrás

O teatro de Lambe Lambe, um mini teatro feito dentro de uma caixa, é uma linguagem genuinamente brasileira, feito somente em solo fértil, chegou a Jaraguá do Sul e germinou. Depois de uma Oficina da Cia Alma Livre, em 2010, gerou sete espetáculos. E feito flor, cada um desses espetáculos compõem, hoje, o Clube de Lambe Lambe.

Naquele momento, em 2010, cada artista chegou à oficina com sua bagagem particular e suas variadas experiências: Ângela Escudeiro é atriz, escritora e bonequeira; Cristina Pretti é artista plástica e renomada professora de HQ e Artes;
Fabio Prates é ator e produtor; Nicoli Pereira é atriz e professora de teatro; Mery Petty é atriz e diretora de teatro; Sandra Baron é atriz e diretora de teatro; Tales Heron é um jovem talentoso, que desde tenra idade teve aulas de teatro.

Durante a oficina, cada participante confeccionou sua caixa de espetáculo, criou a história, fez os bonecos, o cenário,
criou a trilha sonora com a ajuda do oficineiro Leandro Coradini, e se apresentou na mostra final. O resultado foi a criação do Clube do Lambe Lambe, que já em 2011, circulou em 26 municípios catarinenses em turnê pelo projeto Baú de Histórias do Sesc.

Via OCP