Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás
Do filme Ninfomaníaca. Foto: Divulgação

Do filme Ninfomaníaca. Foto: Divulgação

Sempre acesso o site Pergunte a Uma Mulher e essa semana apareceu essa pergunta que me chamou a atenção e creio que vai servir para muitos que estão por aí:

Leitor: Comecei um relacionamento a mais ou menos 4 meses. E agora descobri que minha namorada já saiu com praticamente todos da cidade dela, a qual é pequena e todos conhece todos. Isso me machuca muito, não consigo parar de pensar nisso. Não tenho sossego nem pra andar na rua com ela que esse pensamentos já me vem a cabeça. A minha duvida é se devo continuar, e como superar isso.

 

Resposta do Pergunte a Uma Mulher:

Não vou dizer que o seu problema é algo complicado ou simples, mas sim que se trata de uma situação em que sair bem dela ou não dependerá única e exclusivamente de você. Tem coisas na vida que não mudam, nisso, quem teria que mudar é a sua cabeça, e não o fato ocorrido. O que já aconteceu já aconteceu e nada vai mudar esse FATO. Se ela já pegou geral, não é porque você fica neurótico pensando bobeira 24 horas por dia que sua dor irá diminuir, na verdade, ela tende inclusive a aumentar se você não parar já com isso!

Pense o quanto você gosta dela e o quanto VOCÊ se importa com o fato de ela já ter se divertido bastante por aí, porque as vezes a gente se importa muito mais pelos outros do que pela gente, e isso seria mais ou menos o mesmo esquema do cara que levou chifre, no qual muitas vezes no fundo no fundo nem se machuca tanto pelo chifre em si, mas pelo fato de “todo mundo ter ficado sabendo que ele é corno”. Nisso, é importante você jogar na balança o que realmente importa e o que é suportável para você. Se você acha que apesar de tudo, a companhia dela é agradável e você realmente gosta dela, ou que pelo menos você queria pagar para ver no que essa história vai dar, acho que você terá que encarar tudo isso como homem (frase batida essa, né?!), sem choramingos pelo passado da sua mulher e pensando apenas no futuro, até porque, diferentemente do caso do chifrudo que exemplifiquei acima, ela pelo menos nunca te chifrou e nem traiu a sua confiança (pelo menos não que saibamos rsrsrs).

Quanto às pessoas ficarem olhando para vocês, isso é normal, ainda mais quando se trata de cidade pequena, porém, se essas pessoas vêem que você está se importando muito com isso, que fica sem graça, e até mesmo com vergonha, aí sim que elas vão ficar olhando MESMOOOO, e ainda achando graça rsrs! Se pelo contrário, você ignora, finge que não está nem aí, que não está vendo nada, a tendência será essas pessoas te olharem cada vez menos, porque afinal de contas a sua história teria perdido a graça agora que você estaria pouco se importando com o que os outros pensam, né?! Uma outra coisa legal de se fazer seria tentar mudar o ambiente, porque certamente a menina não deve ter ficado com literalmente a cidade inteira, mas sim com muitas pessoas de um ambiente em comum, certo?! Caso eu não esteja enganada e seja isso mesmo, acho que seria legal você começar a evitar – pelo menos até superar esse “problema”- os mesmos ambientes de antes, até porque isso te fará ver se realmente vale a pena ou não assumí-la, e isso claro que não será contado tendo apenas como base o fato de que ela já ficou ou deixou de ficar com alguém, mas sim pelo contexto geral do relacionamento de vocês (se vocês se dão bem, se ela é legal, etc).

Assim, tal como dito anteriormente, a resposta de se você deverá ou não continuar com ela acabará dependendo fundamentalmente do quanto você gosta dela e do quanto que você será capaz de superar essa situação com o mínimo de sofrimento possível, coisas que eu acho que no fim acabam andando juntas, visto que quanto mais você gosta de alguém, mais coragem e menos dor você tende a sofrer para enfrentar a vida com ela. Se por outro lado você perceber que nem gosta dela tanto assim, que é mais tesão mesmo, e que você está sofrendo mais do que o normal por essa situação, talvez seja melhor rever essa relação e quem sabe tentar arrumar uma menina que teve comportamentos mais suportáveis para você. No fim, é tudo uma questão de pesar na balança e ver até que ponto ela merece ou não o seu empenho, coisa que também dependerá bastante do comportamento dela atual contigo, e não tanto com o passado com outros caras, porque afinal de contas, quem é que nunca aprontou  nessa vida?

Boa sorte!