Por: André Marques | 4 anos atrás

Estamos no final de 2014 e ainda tem gente que gosta de dizer “para mim fazer” e ainda achar que está certo. Arnaldo disse que não pode, viu? Esse caso sempre foi e sempre será considerado um erro. Um dos bem famosos, mas ainda assim um erro.

O “mim” não pode substituir o sujeito em uma frase, para casos assim, utilizamos o “eu” (pronome reto) e é justamente por isso que dizemos “Ele deixou todo o chão para eu limpar”.

redacao

Você não ouve as pessoas dizendo “mim lavo” com frequência por aí, agora se você perguntar sobre “para mim lavar” o negócio muda de figura. O “para” (preposição) antes do mim causa uma bela de uma confusão a respeito da situação, o que leva muita gente a dizer frases de forma incorreta. Uma forma correta de encarar a situação é usar o ‘mim’ em “meus filhos voltaram para mim”, onde mim é objeto indireto do verbo voltar.

A questão tem de fato suas dificuldades. Mas dando uma remoída nas palavras e remontando direitinho todas as frases, nos livramos desses erros simples mas que tiram pontinhos preciosos no vestibular, né?

via Veja