Por: Sistema Por Acaso | 20/05/2014

merenda-escolar

Uma comitiva com pessoas de 15 países da América do Sul e do Caribe está em Joinville para conhecer o Programa de Alimentação Escolar desenvolvido pela cidade e que servirá de modelo para a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Durante três dias, até quarta-feira, os visitantes farão reuniões com técnicos da Prefeitura, visitarão escolas, propriedades e instituições que participam do programa.

A comitiva tem 25 pessoas. Elas representam a Costa Rica, Equador, El Salvador, Paraguai, Peru, Nicarágua, República Dominicana, Chile, México, Venezuela, Antígua e Barbuda, Barbados, Santa Lúcia, Jamaica e Guatemala.

“Há alguns anos Joinville tornou-se referência no programa de alimentação escolar pelo grau de excelência que alcançamos”, enfatiza o secretário de Educação, Roque Mattei. Ele cita como diferenciais a introdução de produtos orgânicos, o Programa de Agricultura Familiar, as hortas escolares e o envolvimento comunitário por meio das Associações de Pais e Professores (APPs).

A indicação de Joinville para a FAO foi do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). No termo de referência para a visita ao Brasil, a escolha do município é justificada por ser “Joinville uma das cidades modelo no Programa de Alimentação Escolar e compras da agricultura familiar, além de ter a melhor educação pública do estado de Santa Catarina”.

Após a chegada segunda-feira de manhã, os representantes reuniram-se no Perini Business Parque para, com apoio de servidores da Educação, conhecerem o funcionamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Nesta terça-feira reúnem-se com o secretário de Educação, Roque Mattei no auditório da ACIJ (Associação Empresarial) e à tarde visitam escolas e hortas.

Na quarta-feira (21), o grupo visita propriedades envolvidas na Agricultura Familiar na região de Dona Francisca e cidade de Garuva e segue para Brusque, que foi destaque no Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar 2013. Apenas esses dois municípios em todo o país serão visitados como parte do projeto Fortalecimento dos Programas de Alimentação Escolar, marco da Iniciativa América Latina e Caribe sem Fome até 2025.