Por: André Marques | 4 anos atrás

Melhorar é algo bom, mas muitos de nós esquecem o quanto nós precisamos aceitar a si mesmos em primeiro lugar.

Friends-Having-Fun

Melissa Dinwiddie revela sua jornada em direção a auto-aceitação. Tendo sido perfeccionista por tanto tempo, não foi uma jornada fácil. Mas essa foi sua conclusão:

Não há nada como a auto melhora, mas a verdade é que nenhum de nos é – e nem podemos esperar ser – perfeito. Nós podemos perseguir maestria, excelência, melhora e sermos desafiados pela perseguição, mas insistir em perfeição vai apenas te levar ao desgosto e a infelicidade.

A verdade é, nos já ouvimos antes que existe uma forte conexão entre auto aceitação e felicidade. Não existe nada que não seja saudável em crescer, mas definitivamente há – algo não saudável – em não levando o tempo necessário para aceitar a si mesmo como você é.

via Tiny Buddha