Por: | 7 anos atrás

Marcos Moraes não é mais diretor técnico da CSM/Pré-Fabricar/FME. Ele voltará a exercer o cargo de auxiliar técnico de Fernando Ferretti, desta vez com a seleção do Paraguai. O time do país vizinho se prepara para o Mundial de Seleções da Fifa, que ocorre na Tailândia, de 1º a 18 de novembro. O ex-diretor se despediu dos jogadores e da comissão técnica na manhã de ontem, durante a reapresentação da equipe, que ganhou folga no fim de semana.

Agora, o ex-diretor técnico retoma a parceria com Ferretti, técnico da Krona/Joinville, com quem trabalhou por mais de dez anos e conquistou quase todos os títulos do futsal. “É com felicidade que tomei esta decisão, pois o Mundial é um dos únicos campeonatos que ainda não disputei na minha carreira”, informou em nota enviada à imprensa.

Marcão agradeceu a diretoria da CSM, jogadores e comissão técnica. “Apesar da motivação com esse desafio, me sinto obrigado a tornar públicos meus agradecimentos ao Cacá Pavanello, ADJ, comissão técnica e jogadores por terem me recebido de braços abertos e também à torcida por todo impulso que vem das arquibancadas.”