Por: João Marcos | 5 anos atrás

Foto: Lucio Sassi

Uma mobilização pelo transporte público, realizada na noite de ontem, reuniu cerca de 150 manifestantes, segundo estimativas da Polícia Militar, que seguiram da Scar até o Terminal Urbano, onde sentaram na rua para reivindicar. Estudantes e trabalhadores protestaram contra o alto valor da passagem, a sobrecarga de trabalho dos motoristas, pediram por mais horários de ônibus, renovação da frota e pela construção de miniterminais.

“A passagem é cara, o serviço de má qualidade e não supre às necessidades da população. Por isso eu vim para a rua protestar”, reivindicou o frentista Celestino Beiger, de 44 anos. “Queremos ver em Jaraguá do Sul empresas concorrentes, talvez assim consigamos melhorar o serviço de transporte”, reforçou.

A crítica sobre o monopólio da empresa Canarinho, que explora o serviço de transporte público de passageiros, foi repetida por outros manifestantes e também como palavra de ordem.
Eles pediam também pelo aumento do tempo de integração das passagens e a construção dos miniterminais, como estava previsto na renovação de contrato com a Canarinho. “Eu tento deixar o carro em casa, mas passo mais de 40 minutos esperando no ônibus e quando chego neste terminal parece um prostíbulo. Não dá para circular com criança aqui. O transporte de Jaraguá está mesmo uma vergonha, apoio a manifestação”, disse Márcia Bender.

Via OCP Online – Confira a galeria de imagens clicando aqui.