Por: João Marcos | 4 anos atrás

No que pode ser considerado uma das maiores gafes da história das relações públicas mundial, a Malaysia Airlines informou a confirmação da morte de todos os passageiros do vôo MH370 aos seus familiares através de um SMS.

sms

 

Pouco antes do primeiro-ministro da Malásia ir a público informar que as investigações chegaram à conclusão de que o Boeing 777 caiu ao sul do Oceano Índico, a companhia aérea enviou a seguinte mensagem de texto:

A Malaysia Airlines lamenta profundamente admitir que, acima de qualquer dúvida, o vôo MH370 caiu e nenhum dos que estava a bordo sobreviveram. Como você ouvirá em uma hora do Primeiro-Ministro da Malásia, devemos agora aceitar que todas as evidências confirmam de que o avião caiu ao sul do Oceano Índico.

Chega a ser surpreendente a frieza e total falta de tato da companhia com os familiares das vítimas.

O vôo 370 tinha 239 pessoas a bordo e desapareceu no dia 8 de março. Ele seguia de Kuala Lumpur para Beijing, quando desapareceu. Ainda não está definida a causa do acidente e as operações de busca ainda continuarão.

Via