Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

Neste sábado o UFC desembarca em Londres, num evento em que a mídia tem dado pouca atenção, mas que pode ter em seu main event a decisão de um title shot na categoria dos meio pesados. Boas lutas no card principal e no preliminar a estréia do brasileiro Claudio Mineiro e a volta do bom Igor Araújo. Lembrando que o evento é a tarde, começa as 13:30 horário de Brasília.

Gunnar Nelson x Omari Akhmedov (categoria dos meio médios): O renomado grappler islandês Gunnar Nelson tenta sua terceira vitória seguido no UFC e terá pela frente o duro russo Omari Akhmedov, que em sua estréia no Brasil, nocauteou Thiago Bodão. O russo tem as mãos potentes e costuma trabalhar as rápidas combinações jab-direto, mas peca na parte da defesa, em que confia demais no queixo. Ja Nelson, tem uma base muito boa no caratê em pé, o que pode manter Omari longe. Apesar de ser mestre em sambo, Omari só se mostra a vontade no chão quando por cima e sua defesa de quedas não é la essas coisas, o que pode ser fatal contra um faixa preta de Renzo Gracie e semifinalista do ADCC, como Nelson.
Palpite: Nelson vai derrubar e buscar a finalização, mas como esses russos são osso duro, não vai ceder. Nelson por pontos.

Brad Pickett x Neil Seery (categoria dos moscas): Após 3 derrotas contra top 5 nos galos, Brad Pickett resolveu baixar de peso e enfrentaria de cara Ian McCall, que teve que sair da luta. No seu lugar esta o estreante Neil Seery, detentor do cinturão do Cage Warriors. Os dois britânicos são oriundos de escolas tradicionais do boxe, mas Pickett deve estar mais forte que nunca nessa categoria. No jogo agarrado, Seery ainda demonstra algumas deficiências e apesar de não ser necessariamente a especialidade de Pickett, ele deve se aproveitar dessas brechas. Pickett é um lutador que costuma colocar pressão no adversário o tempo todo e sua maior experiência em grandes eventos deve pesar.
Palpite: Pickett por nocaute no 2° round

Michael Johnson x Melvin Guillard (categoria dos leves):Man, essa luta não deve durar 3 rounds. Aqui o negócio é porrada. Michael Johnson vive o melhor momento de sua carreira e mostrou que tem poder de nocaute ao colocar Gleison Tibau pra dormir. Guillard é um striker perigoso ao extremo e tem muitos nocautes contundentes em sua carreira. Oriundo do kicboxing, ele trabalha duros golpes contra o corpo, como joelhadas e rodados e um soco pode definir essa luta. Johnson mostra mais evolução técnica, com um wrestling melhor que pode colocar Guillard de costas no chão. Além disso, Guillard já mostrou não ter um queixo dos mais duros e ser muito frágil mentalmente, e Johnson deverá tirar vantagem disso na luta de pé também.
Palpite: Um golpe de Guillard pode levar a luta, mas a consistência de Michael Johnson fará a diferença e ele levará por nocaute no 3° round.

Alexander Gustafsson x Jimi Manuwa (categoria dos meio pesados): Após dar um belo calor em Jon Jones numa das melhores lutas de 2013, Gustafsson volta com o invicto jimi Manuwa. Uma vitória convincente combinado com uma vitória de JJ contra Glover podem dar ao sueco a chance de uma revanche. Mas não pensem que ele terá moleza pela frente. Manuwa tem 14 lutas, todas com vitórias até no máximo no 2° round, sendo 13 por nocaute. Costuma ser um lutador explosivo, que machuca seus oponentes e não lhes dá tempo para respirar. Na parte de grappling, ainda não foi testado. Gustafsson foi o primeiro a dar luta dura pra JJ e seu boxe se mostrou acima da média, além de mostrar um coração de leão. Sua parte de wrestling evoluiu gigantescamente, sendo o primeiro a quedar JJ e o jiu jitsu vem evoluindo. Resta ver se ele terá paciência para controlar Manuwa ou sairá em busca de uma vitória rápida para garantir o title shot, mas que pode lhe expor a potência de Manuwa.
Palpite: Gus já se mostrou frio e cerebral. Acho que irá controlar o ímpeto de Manuwa na distância e movimentação nos 2 primeiros rounds, buscando as quedas depois disso e fechando o caixão com uma finalização no 4° round.