Por: Ricardo Daniel Treis | 09/04/2012

Porque comprar livros pra ler é muito mainstream.

A publicação traz as letras dos sucessos do músico impressas em papel de seda (já que pra leitura, o material vai ter pouco uso). A capa do volume promocional é feita de fibra de maconha, com direito a lombada texturizada para acender fósforos. A ideia promove a nova linha de papeis de seda tamanho gigante do rapper.


No contexto, aguardando a linha de papéis higiênicos com letras do Gerasamba Calypso Restart Michel Teló  artista pop do momento.