Por: Ricardo Daniel Treis | 7 anos atrás

No dia 18 de abril o canadense Peter Mark passeava pela praia na ilha de Graham, quando deparou-se com uma Harley Davidson parcialmente enterrada na areia.

História incrível, a placa da moto era do Japão. Como foi parar no Canadá? Tsunami. Imaginem, foi arrastada 7 mil quilômetros pelo Oceano Pacífico.

Com os dados em mãos, Peter localizou o proprietário, e agora está providenciando a devolução da peça. Emocionado, o proprietário Ikuo Yokoyama não sabe como agradecer à gentileza do novo amigo. Na tragédia de 2011 ele perdeu três familiares, há um vínculo emocional muito grande agora com o artefato.

E histórias bonitas da vida, completa-se com o fato de que a fabricante Harley Davidson ofereceu-se para restaurar a moto.


Via Vancouver Sun.