Por: | 8 anos atrás

Um dos símbolos da conquista do tetracampeonato da Malwee/Cimed Futsal na V Superliga, o pivô Marcio sentiu uma forte dor após um chute, no treino com bola da manhã da última terça-feira (16), e está afastado das atividades do grupo.

De acordo com o fisioterapeuta do time jaraguaenses, Renato Jorge, foi constatada uma lesão no músculo reto femoral da coxa direita e o tratamento, que foi iniciado nesta quarta-feira, tem previsão de 15 dias de duração.

“O tratamento consiste na primeira semana de repouso e fisioterapia e, para os membros superiores, musculação. Já na segunda semana, mantendo o tratamento de fisioterapia clássico, iniciando trabalho de fortalecimento específico para a região da lesão, além do fortalecimento geral para o atleta, em conjunto com trabalhos cardiovasculares como o trote e trabalhos na piscina.”

O fisioterapeuta acrescentou que mesmo no caso de a Liga Futsal começar no início de abril, o pivô deverá estar liberado e não será uma preocupação para o treinador Fernando Ferretti.