Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Veja só, levaram mesmo a sério o potencial do produto.

“A água que deu fama à qualidade da cerveja produzida pela Antarctica, em Joinville, poderá voltar a ser explorada depois de 14 anos. O título que autoriza a pesquisa da água mineral será leiloado no dia 19 pelo Instituto de Trânsito e Transporte (Ittran). A empresa que oferecer o melhor preço em leilão presencial será, a partir do ano que vem, a responsável por explorar a água.”

O uso da água havia sido parado devido ao terreno e o complexo da cervejaria terem sido comprados pelo município que, em 2010, entrou com processo de tombamento. A empresa encerrou a sua história em Joinville em 1998.

Leia a matéria completa no AN.


Quando trabalhava no balcão lembro dessa ser a pedida preferida dos tiozão. Tinha que olhar tampinha por tampinha pra localizar a procedência e separar as brejas… Se fosse de Lajes os caras não compravam.

Na época não tinha idade pra cerva, e nos finalmentes, não sei se cheguei a tomar alguma cerva do lote “Joinville” antes que a distribuição fosse interrompida.