Por: Sistema Por Acaso | 6 anos atrás

Desfile Schützen

Foto:Lucio Sassi / Agencia RBS

O evento mais esperado em Jaraguá do Sul e região, no Norte de Santa Catarina, a 23ª Schützenfest, ou Festa do Tiro, teve seu lançamento oficial no sábado pela manhã. Cerca de 350 pessoas de 16 sociedades de tiro integrantes da Associação dos Clubes e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu (ACSTVI) percorreram as ruas centrais da cidade até chegar ao Parque Municipal de Eventos.

No local instalaram a Schützenbaum, tronco de árvore com bandeiras do Brasil e da Alemanha, flâmulas e logomarcas da Fundação Cultural e da ACSTVI. O Schützenbaum é uma adaptação das festividades do Maibaum (árvore de maio) que ocorre na Baviera, Alemanha, e marca o lançamento da festa dos atiradores.

– Este é o pontapé inicial para a festa, um dos momentos mais aguardados pelas sociedades de tiro e população jaraguaense -, considera o presidente da Comissão Central Organizadora, Alcides Pavanello.

Este ano a Schützenfest vai ocorrer de 6 a 12 de outubro e a expectativa é que 60 mil pessoas visitem o Parque de Eventos nos seis dias de festa. Em 2010, o público foi de aproximadamente 48 mil visitantes. Para atrair um público maior a organização vai promover novidades. Entre elas está uma Feira de Artesanato com café colonial permanente no Pavilhão C, sorteios do Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal e, além das tradicionais medalhas para os melhores atiradores, esse ano, haverá premiação em armas.

O presidente da ACSTVI, Mário Marangoni, explica como será a nova premiação.

– Fizemos uma parceria com a empresa espanhola Gamo, que vai investir mais de R$ 45 mil na festa com a doação de 17 armas e 100 mil chumbinhos. Seis dessas serão para as melhores sociedades e 11 serão divididas nos prêmios individuais, cinco para o público, cinco para os atiradores das sociedades e uma para a categoria especial -, esclarece.

Via AN.