Por: Ricardo Daniel Treis | 7 anos atrás

Isso tá virando um pesadelo…

Três assaltos entre o fim da tarde e a noite de quarta-feira foram registrados em Jaraguá do Sul, Guaramirim e Massaranduba. Em todas as ocorrências estavam armados e ameaçaram as vítimas.

O primeiro caso foi no bairro São Luís, em Jaraguá. Um rapaz, com capacete, invadiu um mercado e rendeu a operadora de caixa, que foi obrigada a entregar o dinheiro. Depois, o ladrão subiu na carona de uma moto, que estava com um comparsa, e fugiram. A PM não encontrou suspeitos.

À noite, em Massaranduba, dois homens armados invadiram a casa de uma família, na rua Butuca, área rural da cidade. Perto das 20 horas, uma mulher foi abordada por ladrões quando entrava na garagem de casa. “Pediram um cofre. Eu disse que não tinha nada”, recorda a vítima.

O filho mais novo, de 15 anos, também foi rendido por um dos assaltantes. Os homens pediram dinheiro e obrigaram o adolescente a ir aos quartos, onde reviraram todas as coisas. Depois, mãe e filho tiveram os pés e as mãos amarrados com uma fita plástica. “Eles também usaram um pano para nos tapar a boca. Nos deixaram deitados na sala e insistiram que tínhamos um cofre. Levaram a corrente do meu filho, celular, pegaram algumas bebidas e depois fugiram levando nosso carro. Acho que tinha um outro esperando lá fora porque um deles fazia sinal pela janela”, contou. Depois que os assaltantes foram embora, o adolescente conseguiu se soltar sas amarras e chamou a Polícia Militar.

Outro caso que ocorreu foi em Guaramirim. Por volta das 21h30, um homem foi rendido na SC-413, a rodovia do Arroz. Ele teve o carro, que dirigia, parado por um Santana branco quando diminuiu a velocidade para atravessar pelos trilhos. Dois homens saíram do carro armados, dispararam dois tiros para o alto e anunciaram o assalto. A vítima tentou reagir, mas não conseguiu evitar que roubassem o veículo.

O delegado Daniel Dias disse que assalto com esse tipo de característica é raro na região. “Isso não é comum. Acredito que os ladrões estavam seguindo esse veículo para depois roubá-lo. Trabalhamos com a hipótese de ser para desmanche”, disse o delegado. Nenhum suspeito foi detido até o fechamento da edição.

Via AN