Por: João Marcos | 6 anos atrás

Após ter o seu fusca furtado, um eletricista recebeu a notícia que tanto esperava: o carro havia sido localizado. O que ele certamente não previa é que o ladrão deixasse um bilhete se desculpando pelo crime e agradecendo pelo “empréstimo”.

O veículo foi furtado, no interior de São Paulo, e encontrado intacto pela Polícia Militar de Pirassununga. No bilhete o ladrão explica o motivo que o levou ao ato: “Infelizmente peguei este carro porque não tinha dinheiro para vir embora. Obrigado”. E completou. “Observação: entregue ao dono.”

Com ou sem bilhete, o proprietário do carro, Cristiano César Leopoldino, de 20 anos, comemorou ter de volta o veículo. Ele contou que é o primeiro carro de sua vida e que não tem seguro contra furto ou roubo. O rapaz disse que não está com raiva do ladrão, mas que ele “deveria pôr a mão na consciência pelo que fez”.

Que isso cara, então quer dizer que em Sampa é mais fácil roubar um carro do que conseguir uma passagem de metrô.