Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

(Foto Sandro Devens/Diário do Oeste)

Concórdia e Juventus protagonizaram uma partida bastante movimentada na noite de ontem, no meio-oeste catarinense. E quem se deu melhor foram os donos da casa, que venceram por 1 a 0 e chegaram aos seis pontos no certame.

De última hora, o técnico Pingo perdeu o meia Max e apostou numa equipe rápida, com a entrada de Giso na meia e Kiko no ataque. Assim, o Juventus iniciou a partida com Wanderson; Paulinho, Alemão, Charles e Marcio Goiano; Pedra, Gregori, Rogério Souza e Giso; Thiago Henrique e Kiko.

O tricolor dominou os primeiros quinze minutos. Com uma defesa forte e apostando nos contra-ataques, o Juventus levou perigo com Kiko e Thiago Henrique. O Concórdia ameaçou pela primeira vez aos 17’, em cobrança de falta que Ícaro escorou de cabeça.

O Galo do Oeste voltou melhor na segunda etapa. Conduzido pelo meia Maicon, abriu o placar logo aos 9’, com Marcelinho. Ele recebeu um passe açucarado de Maicon e tocou na saída de Wanderson. O gol deixou o jogo ainda mais aberto e as equipes alternaram bons momentos. Na melhor oportunidade do Juventus, aos 20’, Kiko cabeceou na trave.

Aos 28’, Pingo sacou o volante Anderson Pedra para a entrada do atacante Romero. A alteração surtiu um bom efeito, mas novamente as falhas de finalização atrapalharam a equipe, que conheceu sua primeira derrota no campeonato.


Via O Correio do Povo.