Por: João Marcos | 29/10/2012

Já tínhamos falado aqui sobre a ação que a família do jovem Nissim (aquele da baleia) havia entrado contra o Google. Eles entraram com uma ação na justiça de São Paulo contra o YouTube, site controlado pelo Google do Brasil onde consta o pedido de indenização no valor de 30 mil reais.

Originalmente, o vídeo foi postado pela própria família, para celebrar o bar mitzva do garoto. Depois, ao perceber a grande repercussão do vídeo, decidiu tirá-lo do ar. No entanto, como diversos outros internautas já tinham feito cópias e paródias do vídeo, ele pode ser encontrado facilmente no YouTube.

Segundo coluna de Lauro Jardim, da Veja.com, a Justiça manifestou-se na noite da última sexta-feira em favor da família Ourfali, exigindo que o Google tire o vídeo do ar. O não cumprimento da decisão vai gerar uma multa diária de R$ 20 mil para o Google.

A assessoria do Google não pode ser contatada para comentar a informação. Os advogados que atendem Nissim explicam que a família não pede indenização para o Google, mas que apenas que o vídeo saia do ar.