Por: Ricardo Daniel Treis | 14/02/2014
Foto: SporTV

Foto: SporTV

O ex-campeão dos pesos-pesados do UFC Junior Cigano foi a Jaraguá do Sul-SC como embaixador oficial da organização na cidade, e foi escalado nesta quinta-feira para uma ação junto à Associação de Surdos de Jaraguá do Sul. O lutador deveria ser o professor, demonstrando alguns movimentos de luta para os jovens da instituição. Porém, ele e as ring girls Jhenny Andrade e Camila Oliveira acabaram se tornando também alunos e aprenderam algumas palavras na linguagem de sinais.

O encontro foi realizado na Sociedade de Cultura Artística (Scar) e fez parte das atividades oficiais do UFC Fight Night no Combate: Machida x Mousasi. Cigano, Jhenny e Camila interagiram com um grupo de 15 pessoas, entre crianças e jogadores do time de futsal da associação. O lutador saiu da experiência transformado.

– Foi muito especial, pois eu nunca tinha tido contato com uma associação como essa. Ontem (quarta-feira), eu estava pensando como seria essa interação, estava até nervoso. Mas eles me deixaram tão à vontade que foi algo muito natural, uma experiência inesquecível para mim. Aprendi alguns sinais, como, por exemplo, pronunciar o meu nome. Gostei muito. Saio daqui muito feliz – comentou Cigano, que ensinou aos seus novos amigos também o seu próprio sinal, o que faz ao ter seu nome anunciado dentro do octógono, apontando para a lona como se marcando território no cage.

Paula Maria, de 27 anos, e Wellington Krieger, de apenas nove anos, foram alguns dos jovens que mais interagiram com Cigano no encontro.

– Estamos muito felizes com esse momento tão especial proporcionado pelo UFC – disse Paula, por intermédio da intérprete da associação.

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Notícia via SporTV/Combate.