Por: João Marcos | 5 anos atrás

Um juiz do Distrito Federal foi condenado na última terça-feira (21) por receber dinheiro para liberar um traficante. O Conselho Especial do TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) condenou Vilmar José Barreto Pinheiro a pena máxima que um juiz pode sofrer em uma ação administrativa: a aposentadoria compulsória. As informações são do jornal “Correio Braziliense“.

Pinheiro ficou conhecido nacionalmente por ter mandado prender os integrantes da banda Planet Hemp em 1997 por apologia às drogas e ainda proibir shows e a venda de discos da banda no Distrito Federal.

Segundo o jornal, o magistrado foi acusado de receber R$ 40 mil para conceder a liberdade a um traficante quando exercia o cargo de titular da 1ª Vara de Entorpecentes e Contravenções Penais de Brasília…

Nem sei porque não me surpreendo mais com essas coisas, mas taí, mais um bom exemplo vindo de Brasília.