Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás


5436

O pior é que a garota já vinha ameaçando a amiga há meses e ninguém fez nada a respeito! Adolescente já sabe o que é certo e errado: já é capaz de roubar, matar e fazer coisa muito pior. Por ora, a sociedade continua omissa. A lei mexicana permitirá que a menor de idade passe no máximo 7 anos internada:

Mais uma tragédia envolvendo a divulgação de imagens íntimas e ameaças via redes sociais chocou internautas de todo o mundo. A adolescente Anel Báez foi encontrada morta com 65 facadas no dia 19 de março. A suposta assassina é Erandy Elizabeth, uma de suas melhores amigas. O crime chocou a cidade de Guamúchil, no México. A história começou quando fotos de Erandy nua foram divulgadas na rede.

As jovens de 16 anos eram melhores amigas, mas há um tempo estavam brigadas. O motivo foi o suposto vazamento de fotos em que Erandy aparecia nua.

No Twitter, Erandy já vinha ameaçando a “ex-amiga”. Em um dos tuítes, a adolescente disse que, em sua cabeça, já tinha matado Anel pelo menos três vezes.

Os amigos em comum das adolescentes disseram que as duas não estavam mais se dando bem. De acordo com publicações mexicanas, a jovem teria usado as redes sociais para planejar o ato.

De acordo com os amigos, Erandy soube que Anel estaria sozinha em casa e se aproveitou para cometer o crime.

A adolescente convidou a amiga para o quarto e nem desconfiou quando ela disse que ia ao banheiro. A jovem na verdade foi até a cozinha e voltou com uma faca na mão.

"Vou te sepultar antes do fim de ano"

“Vou te sepultar antes do fim de ano”

Anel levou 65 facadas. Em outro dos tuítes ameaçadores, Erandy havia dito que sepultaria a garota antes do final do ano. A conta da adolescente na rede social foi excluída.

A jovem foi duramente criticada depois de publicar as mensagens. Erandy foi capturada quando compareceu ao funeral de Anel.

No depoimento, a detida disse que o principal motivo do crime foi vingança, pois Anel teria divulgado nas redes sociais fotos em que aparecia nua.

via @R7