Por: João Marcos | 6 anos atrás

Após 21 anos se dedicando a modalidade de futsal profissional, o ala Xoxo fará nesta quinta-feira, dia 6, a sua ultima partida como atleta profissional. Porém, antes de anunciar a aposentadoria, o atleta da CSM Futsal/FME Márcio Bandeira Rodrigues, 38 anos, pretende levantar o troféu de campeão do Campeonato Catarinense. A decisão será contra o Joinville, às 20h15, na Arena Jaraguá. “Para uma ocasião especial o título virá para fechar um ciclo vitorioso em grande estilo”, explica.

Xoxo começou a jogar futsal aos 13 anos na Sercesa, equipe da cidade de Carazinho (RS). Aos 17 anos, ainda na categoria juvenil, já jogava no time adulto. Em 2001 ingressou no futsal de Santa Catarina ao acertar com o Chapecó, equipe onde conquistou o Estadual no mesmo ano. Em 2002 desembarcou em Jaraguá do Sul para jogar na extinta Malwee Futsal, permanecendo até 2009.

Neste período conquistou 27 títulos, incluindo três Ligas Nacionais e cinco Estaduais. “Só faltou o Mundial de Clubes, que ficamos vice por duas oportunidades. Mas a satisfação foi grande, um momento inesquecível na carreira”, revela o jogador, natural de Resende, Rio de Janeiro. Além de atuações marcantes em equipes de Santa Catarine e Rio Grande do Sul, Xoxo teve uma passagem no futsal italiano, quando defendeu o Lazio, e uma passagem pela Seleção Brasileira, em 2006.