Por: Ricardo Daniel Treis | 10/01/2013

Um jogador do time do Juventus, de Jaraguá do Sul, não se reapresentou ao clube no dia 2 de janeiro. O meia Geninho foi liberado para passar as festividades de fim de ano junto com sua família, no interior paulista. Depois disso, não entrou mais em contato com o clube. Ele deveria ter voltado há mais de uma semana.

De acordo com a assessoria do time, o celular do jogador é direcionado para uma caixa postal. Segundo o diretor de futebol, Cleber Hernacki, nem mesmo o empresário do atleta conhece seu paradeiro.

— A última informação que recebemos é que ele se envolveu num acidente —, disse.

O presidente Jerri Luft informou que o último contato com Geninho aconteceu no fim do ano passado, antes do Natal, quando o meia pegou um adiantamento salarial de R$ 4 mil com o dirigente, para ajudar nas despesas da viagem.

— Estamos preocupados com o cidadão Emerson Rogério Sena Araújo. Ninguém some assim, de repente. Queremos entender o que aconteceu com ele. Estamos monitorando a internet, mas não conseguimos levantar informações sobre seu paradeiro até o momento —, lamentou Luft.

Por via das dúvidas, o Juventus contratou o meia-atacante Vina para a função. Geninho tem de 28 anos, 1,79m e 72kg. Foi revelado pelo Barueri (SP) e passou pelo Flamengo (RJ) em 2005, onde inclusive marcou um histórico gol em clássico contra o Botafogo. Depois acabou emprestado ao Gama (DF), Olaria (RJ), Ituano (SP) e Volta Redonda (RJ). No ano passado atuou pelo Camboriú (SC) no Campeonato Catarinense.

Via AN.