Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás

12DEZ14-01-©-Divulgação-1024x685

O Campeonato Catarinense de Motocross será encerrado em Jaraguá do Sul, neste fim de semana (dias 13 e 14). Será no Parque Marino Tecilla, no bairro Ribeirão Grande do Norte, que deve receber mais de 100 pilotos, por se tratar de uma etapa decisiva.

“É gratificante para nós trazer esta etapa para a cidade. Há quase trinta anos Jaraguá do Sul não recebia o Campeonato Catarinense, mas agora a cidade entrará para o calendário da Federação nos próximos anos”, festejou Nilson Tecilla, que além de piloto é gestor do parque. Ele compete na categoria ‘Intermediária MX1’, onde tem jaraguaense com uma mão no troféu.

É Luciano ‘Boca’ de Oliveira, piloto da moto 41, que somou 125 pontos nas nove etapas anteriores, sete a mais que o segundo colocado, Renato Lehmkuhl, da cidade de Santo Amaro da Imperatriz. “Correr em casa, com os amigos na torcida, em uma pista onde treino diariamente, me favorece muito”, reconheceu Boca. “O ano para mim foi dos melhores. Se eu não tivesse quebrado na primeira etapa, já poderia ter sido o campeão antecipado. Mas estou feliz por correr esta última etapa em casa”, informou.

Também na briga pelo título da categoria, porém um pouco mais distante, Tecilla – que pilota a moto número 50 – soma 111 pontos e acredita que ainda pode conquistar ao menos o vice-campeonato. “Correr em casa sempre é melhor, já que se conhece direitinho a pista. Ainda consigo buscar a segunda colocação, já que o título é mais difícil. Mas o campeonato mesmo só termina na bandeirada, então ainda existe uma chance. Vou acreditar e lutar”, afirmou.

No total, seis pilotos de Jaraguá do Sul disputaram toda a temporada, em diversas categorias. Porém, nesta etapa em especial está prevista a participação de até 20 pilotos locais. Os ingressos para acompanhar as provas custam R$ 15. Crianças até 12 anos não pagam. No local haverá local para camping e no domingo será servido almoço.

Via OCP Online.