Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

ENQUETE: Você vai participar do protesto marcado para este domingo?
[plumba id=223602 thankyou=0]

—–

Assim como outras 13 cidades catarinenses, Jaraguá do Sul também irá contar com uma manifestação contra o Governo Federal neste domingo, 15 de março. Marcada para iniciar às 15h, ela sai da Praça Ângelo Piazera com destino ao ginásio Arthur Müller.

O protesto está marcado para acontecer 50 dias após o começo do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, que enfrenta uma onda pró-impeachment nas redes sociais.

O evento de Jaraguá do Sul organizado no Facebook, intitulado “Impeachment – Fora Dilma”, convocou 58.725 mil convidados. Destes, até a publicação deste artigo, 10.234 mil confirmaram a participação, 1.166 pessoas disseram que talvez irão e 3.292 recusaram o convite para participar do protesto.

Além do impeachment de Dilma Rousseff, o evento descreve que os protestos são pelos valores da gasolina, tarifa de ônibus e impostos como o IOF, ICMS, IPTU, IPVA. A página ainda destaca que o movimento é pacífico e não serão permitidas bandeiras e camisas de partidos políticos, pedindo que os manifestantes usem roupas verdes ou amarelas.

camisas

Apoiadores do evento em Jaraguá vendem camisetas que variam entre R$ 12 e R$ 20

Alguns apoiadores defendem bandeiras como o movimento “O Sul é meu país”, a intervenção militar e a retirada do PT (Partido dos Trabalhadores) do poder para acabar com os escândalos de corrupção e solucionar os problemas econômicos que o país enfrenta.

ENQ

Entretanto, há aqueles que usam a página do evento para criticar a iniciativa, evidenciando a polarização política que toma conta das redes sociais. Veja as opiniões contrastantes:

comentarios

Segundo reportagem do Diário Catarinense, Jaraguá do Sul tem a segunda maior adesão aos protestos no Estado, ficando atrás da capital Florianópolis:

17273293 (2)

Segundo publicação da revista Época, a consultoria Bites encontrou no Facebook 37 manifestações pela interrupção do mandato de Dilma, marcadas para acontecer neste domingo em todo país. Mais de 1 milhão de pessoas confirmaram presença. A Bites checou seus perfis para evitar dupla contagem.

No país, três movimentos dividem os apoiadores. Ainda que tenham o pensamento comum de se opor ao governo da presidente Dilma Rousseff e ao PT no poder, os grupos que liderarão os protestos marcados para o próximo domingo se diferenciam no objetivo final.

Enquanto de um lado grupos com posturas mais radicais, como o Movimento Brasil Livre e Revoltados On Line, pedem o impeachment da presidente, do outro, o Vem Pra Rua considera que não é a hora para isso, por considerar que é preciso ter fatos que comprovem o envolvimento da presidente em esquemas de corrupção (tendo embasamento jurídico previsto na Constituição). “Pediremos impeachment quando chegar a hora, mas não pode ser golpe e muito menos intervenção militar”, afirmou a principal liderança do movimento, Rogério Chequer.

Resta saber se em Jaraguá do Sul o coro que clama por mudanças será uníssono, ou terá reivindicações divergentes (que ao que parece é o que irá acontecer), ou então ficará no “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”…

Em 2013, a cidade registrou sua maior manifestação pacífica, no dia 20 de junho. Mais de 4 mil cidadãos compareceram ao evento para, sob intensa chuva e frio, manifestarem seu apoio ao movimento nacional “Vem pra Rua”, exporem suas insatisfações e reivindicarem mudanças também para a cidade. O protesto ocorreu durante o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

Confira o clipe editado pela galera do estúdio Black House, com imagens captadas pelo Ricardo:

[youtube_sc url=”https://youtu.be/tUCJw08ZPa4″ width=”670″ autohide=”1″]