Por: André Marques | 3 anos atrás

O Museu Histórico Emílio da Silva segue com série de exposições abertas ao público e com entrada gratuita. A Sala Amadeus Mahfud abriga trabalhos considerados destaques da V Feira de Educação Matemática e da I Feira Municipal Científica e Tecnológica (Fecitec), que ocorreu no dia 14, no Centro Universitário Católica de Santa Catarina. Trata-se do projeto: “Provocando os sentidos: experiências tridimensionais”, com esculturas de alunos do 9° ano de cinco escolas da rede municipal de ensino, em arame e concreto celular.IMG_9773_1500

No mesmo local está uma exposição fotográfica com releitura de obras, elaborada por alunos do 9° ano da Emef Cristina Marcatto. O visitante encontrará, por exemplo, uma releitura do autorretrato com a orelha cortada de Vicent Van Gogh; e da obra de Eduard Munch, que hoje está da Galeria Nacional de Oslo, além de uma das obras mais conhecidas de Loenardo da Vinci, La Gioconda, mais conhecida como Mona Lisa, que tem o original exposto no Museu do Louvre, na França. Os dois trabalhos poderão ser conferidos até 29 de setembro, de acordo com a responsável pela ação educativa do museu, Eliza Diefenthäler.

IMG_9762_1500

Já a Sala de Educação do museu abriga três trabalhos do projeto “Eu faço parte dessa história”. São atividades de alunos do 4° ano da Emef Alberto Bauer que desenvolveram competências vivenciando o passado de Jaraguá do Sul através da construção de maquetes que retratam lugares históricos da cidade. Seguindo a mesma temática, pode ser conferido, no mesmo local, o projeto: Formação da População Brasileira – imigração e colonização de Jaraguá do Sul, desenvolvido na disciplina de geografia, por alunos do 7° ano. Estes últimos trabalhos seguem expostos até a metade de setembro.

IMG_9756_1500

O museu fica na Avenida Mal. Deodoro da Fonseca, 247 – centro. O horário para visitação do espaço é o seguinte: de terça a sexta, das 8 às 11h30 e das 13h30 às16h30. Aos sábados, das 9 às 12 horas; aos domingos, das 15 às 18 horas. A entrada é gratuita. O telefone para contato é (47) 3371-8346.

Confira algumas fotos da exposição:

Via Sidnei Marcelo Lopes, presidente da Fundação Cultural de Jaraguá do Sul e Eliza Diefenthäler, responsável pela ação educativa do museu. Telefones: 2106-8700 e 371-8346, respectivamente.