Por: Anderson Kreutzfeldt | 12/08/2014
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Um dos grandes problemas do município atualmente é o abandono de cães e gatos por parte da população, de acordo com o diretor de Vigilância em Saúde. Atualmente a prefeitura realiza o trabalho de resgate e retirada de animais feridos, doentes ou agressivos das ruas.

A chipagem para identificação do dono e a castração para diminuir o número deles nas ruas são medidas previstas na legislação e podem ainda evitar a proliferação de doenças. De acordo com o procurador do município, Raphael Rocha Lopes, o projeto de lei que envolve a castração de animais está sendo adaptado: “Faltam alguns ajustes para podermos encaminhar, até semana que vem, ao gabinete”.

Fonte: O Correio do Povo, edição de 12/08/2014, p. 7