Por: Misael Freitas | 30/03/2017

Jaraguá do Sul acordou cinza na manhã desta quinta-feira, 30. Durante a madrugada, os bombeiros lutaram para conter as chamas que tomaram o edifício da rua  Marechal Deodoro da Fonseca, na esquina com o Posto Marechal. O prédio, que abrigava um comércio e um hotel, ficará gravado para sempre na história da cidade como um lugar que movimentou os negócios e o turismo de Jaraguá do Sul.

Veja o depoimento que Loreno Hagedorn compartilhou no grupo “Antigamente em Jaraguá” no Facebook:

E foi-se o antigo Hotel Cruzeiro. Na Década de 1940, o gado chegava pelos vagões da RFFSA e eram descarregados num mangueirão ao lado da Estação Ferroviária, onde hoje temos uma autoescola e uma lavação. Este gado era deslocado em tropas pelos especialistas para Blumenau e a região do Alto Vale do Itajaí e, enquanto isso, os tropeiros se hospedavam no Hotel Cruzeiro. Na década de 1950, a maioria dos hóspedes ficava ali enquanto carregava seus caminhões na RFFSA para transportar as cargas para Blumenau e Florianópolis. Neste hotel, a gurizada da época levava suas namoradinhas para namorar um pouquinho. O hotel contava com um restaurante caseiro onde se comia uma comida simples, mas honesta. Com o incêndio, foi-se a história do “seu” Oscar e dona Rosa Lopnow Reutter, foi-se o primeiro emprego de Cecilia Zatelli, lavando roupa, arrumando e limpando quartos. O edifício pertencia a família de Carlos e Adélia Haas”.

Veja algumas imagens antigas do hotel que pegou fogo em Jaraguá:

A primeira, mostra Cecilia Zatelli, aos 17 anos, na janela de um dos quartos apreciando o movimento da rua.

17458161_10210916979874907_4393981148287475089_n

Na segunda, aparecem, entre outros, Félix Reutter, o sobrinho da então proprietária, Rosa Lopnow Reutter.

17458013_10210916986035061_4014297812041804760_n

Nesta, aparecem Odete, funcionária do Hotel, e Emi, filha da então administradora do estabelecimento. A foto foi tirada  nos fundos do Hotel Cruzeiro, provavelmente entre 1940 e 1950.

14522946_10209293194681292_3705361227987077735_n

Mais recentemente, o edifício também abrigou uma barbearia que era sucesso de público.

Pasted image at 2017_03_30 10_36 AM

Uma das principais atrações era a cadeira de corte antiga que chamava a atenção pelo valor histórico e pelo ótimo estado de conservação.

Pasted image at 2017_03_30 10_34 AM

Temos informações de que a cadeira foi salva durante o incêndio. Isso significa que ela ainda será usada por mais alguns anos antes de se aposentar.

11081353_812926232116709_5360463800439214013_n

Jaraguá do Sul perdeu um importante marco de sua história que ficará gravado para sempre na memória dos que viveram naquele tempo e nos registros que incentivarão os jovens a olhar para o passado com muito orgulho.