Por: André Marques | 4 anos atrás

Direto ao ponto: jantares em família podem até ajudar a proteger adolescentes do cyberbullying. Pelo menos é o que diz uma pesquisa feita no Canadá. Além do mais, até fazer bem pra saúde mental dos jovens esse estudo pode fazer.

De acordo com informações obtidas com os pesquisadores, 1 em cada 5 adolescentes já sofreram algum tipo de bulliyng, online ou não. Problemas com álcool ou drogas também podem surgir a partir do cyberbulling e é nessa tecla que os pesquisadores querem bater.

cyberbullying

Eles analisaram associações entre cyberbullying e problemas e saúde somado ao uso de substância ilícitas.  A pesquisa abrangeu dados de pesquisa sobre 18,834 pessoas com idades que partiam de 12 até 18 anos.

Foram diversos os problemas analisados: ansiedade, epressão, automutilação e até suicídio. O uso de álcool também figurou entre os presentes, bem como o consumo indevido de medicamentos.

Basicamente, com quatro jantares em família por semana, existia uma ‘taxa de problemas’ equivalente a 4. Quando não haviam jantares, esse número era sete vezes maior.

via DC