Por: Gabriela Bubniak | 1 ano atrás

Uns dizem que é o mês mais longo do ano, outros afirmam que é o mês do desgosto… O que será que agosto tem de tão diferente para ser tão temido ou odiado assim? Provavelmente você já ouviu falar que o mês de agosto é chamado de “mês do Cachorro Louco”, certo?

Mas o que isso significa? Será que precisamos nos preocupar e ficar preparados para “fugir para as colinas”?

download

Bom, o que a gente descobriu é que existem algumas teorias para esse “apelido carinhoso”. São três, dá só uma olhada:

1 – Mês das guerras históricas

Primeira Guerra Mundial, por exemplo, começou no dia 1º de agosto de 1914. Já nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, as cidades de Hiroshima e Nagasaki foram atacadas pelos norte-americanos com bombas atômicas, o que resultou na morte de mais de 200 mil pessoas no fim da 2ª Guerra.

Sem falar que em 2 de agosto de 1934 Adolf Hitler se torna o führer (Líder ou Chefe de Estado) da Alemanha.

2 – Mês dos cães alvoroçados

Outra interpretação que faz muito sentido é que no mês de agosto a concentração de cadelas no cio aumenta bastante devido às condições climáticas. E quando as cadelas estão no período fértil, os cachorros ficam loucos (mesmo!) e brigam para conquistar a fêmea. Essa luta feroz entre os machos em busca da fêmea faz com que a raiva, doença transmitida pela saliva bicho, se espalhe mais. Os animais que estão infectados pela raiva babam muito e ficam com aparência de “loucos”, daí a expressão “Cachorro Louco”.

Vale lembrar que a doença é séria, paralisa os músculos da deglutição, deixa o cachorro perturbado, com alucinações, e provoca dores de cabeça muito fortes. Por isso a importância de estar com a vacinação do bichinho em dia.

3 – Mês das negatividades e desgostos

Há quem diga ainda que o mês de agosto é dotado de muita energia negativa, e por isso é o mês do desgosto e do azar. Um mês carregado de superstição e magia. Podemos lembrar mais alguns fatos históricos que podem comprovar essa crendice, como o suicídio cometido por Getúlio Vargas no dia 24 de agosto de 1954, a construção do Muro de Berlim, que dividiu a Alemanha em duas partes, começou no dia 13 de agosto de 1961.

wtf-dog

No dia 12 de agosto de 1968 os católicos e protestantes da Irlanda do Norte começaram a se matar, mas “tudo em nome de Deus”, e também a morte de Juscelino Kubitscheck em um acidente de carro no dia 22 de agosto de 1976.

Esse mês também não foi muito generoso com as divas. Marilyn Monroe e Carmen Miranda faleceram no dia 5 de agosto – Carmen no ano de 1955, e a atriz norte-americana alguns anos depois, em 1962.

Curiosidades e outros fatos

– Na Argentina existe uma crendice popular que diz que lavar a cabeça no mês de agosto não é aconselhável, e a pessoa que lava os cabelos durante mês está atraindo a morte! Será que essa crença é seguida à risca pelos nossos “hermanos” argentinos? :O

– Os romanos tinham medo desse mês, pois era nele que a constelação de Leão, no hemisfério norte, ficava mais visível. Como não sabiam do que se tratava, achavam que era um dragão que passava pelo céu e cuspia fogo como forma de maldição.

– Em Portugal, nas épocas das grandes navegações – século 16 – era o mês em que as caravelas iam ao mar. Solitárias, as esposas dos marujos amaldiçoavam este período do ano, pois nunca casavam em agosto, muito menos podiam desfrutar da lua-de-mel, pois logo existia a possibilidade de passarem a ser viúvas.

Cachorro-assustado

– Na África o dia 24 de agosto é o chamado “dia em que o Diabo anda solto” – dia de todos os exús.

– Na França o mês é maldito pois em 24 de agosto de 1572 Catarina de Medici ordenou o massacre de São Batolomeu, matando de dezenas de milhares de pessoas.

– Na Polônia, em 14 de agosto de 1831 os poloneses foram derrotados pelos russos na Revolta de Varsóvia, que também matou muita gente. Por isso a galera não gosta do mês de agosto.

E aí, curtiu? Independente do sentido ou significado desse apelido, é sempre bom lembrar que cãozinho em dia com as vacinas é sinônimo de saúde e bem-estar para todos!

cachorro-louco-2

Fontes para as informações: Vírgula, Superinteressante e Gazeta da Serra
Fotos: Divulgação