Por: Carlos Wagner | 3 anos atrás

Artigo por Rogério Tallini, para o Jaraguá AM.

Foto "Jaraguá do Céu", por Franco Giovanella

Foto “Jaraguá do Céu”, por Franco Giovanella

 

Segundo o órgão oficial de meteorologia no Estado, Epagri/Ciram, para o trimestre junho/julho/agosto a previsão é de chuva acima da média e frequente em Santa Catarina. Estudos científicos apontam para aumento da chuva no Sul do Brasil, em anos de El Niño. No entanto, é importante lembrar que o El Niño norteia a previsão, mas o acompanhamento diário é que é determinante para prever os eventos extremos.

Em cada mês do trimestre, os valores esperados de chuva variam de 115 a 180mm nas regiões Oeste e Meio Oeste, e de 80 a 130mm do Planalto ao Litoral, sendo o Litoral a região que menos chove nesta época do ano.

(…)Em relação à temperatura a previsão é de um inverno mais ameno em Santa Catarina, com temperatura acima da média climatológica.  Isso não significa que não chegarão ondas de frio ao Estado, mas neste ano devem ser mais escassas e pouco duradouras, intercalando com períodos mais aquecidos. Na incursão de massas de ar de origem polar, típicas da estação, são esperadas temperaturas próximas de zero grau, e também negativas, nas áreas altas do Estado, resultando na formação de geada ampla. Episódios de neve também podem ocorrer especialmente em julho e agosto, com maior probabilidade para as áreas altas do Planalto Sul. Outra característica do inverno são os nevoeiros nas primeiras horas da manhã.