Por: Gabriela Bubniak | 4 meses atrás

Tá chegando aí mais um post daqueles pra matar a curiosidade da galera. Se você estava querendo saber como anda a obra na estrutura que vai oferecer o curso de medicina em Jaraguá, acompanha a gente aqui! Fizemos uma “tour” pelo local para entender o que vai ter por lá.

Antes, pra localizar quem ainda não tava ligado, a estrutura fica na BR-280, bairro Nereu Ramos. Talvez você lembre que, neste galpão, há alguns anos ficava a a Gráfica Avenida.

Foto: Renan Reitz/Por Acaso

Os trabalhos para transformar o galpão iniciaram em junho e faltam pouco mais de 50 dias para a construtora – Vattaro Construções, de Jaraguá – entregar a obra pronta.

De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Alessandro Truppel Machado, os trabalhos estão em dia e tudo será entregue dentro do prazo previsto. Aproximadamente 40 pessoas atuam agora na etapa de acabamento, com pintura, instalações elétricas e a colocação do forro.

Um dos corredores em processo de finalização. (Foto: Renan Reitz/Por Acaso)

São aproximadamente 5,4 mil metros quadrados de área construída. O projeto conta com 24 salas de aula, 14 laboratórios, auditório, sala de videoconferência, biblioteca, refeitório e outras áreas administrativas.

Área onde ficará a biblioteca. Foto: Renan Reitz/Por Acaso)

O engenheiro Alessandro explica que o projeto foi dividido em duas etapas, a primeira para receber a primeira turma de 50 alunos em 2018, e a segunda para 2019, com a vinda dos próximos alunos.

Um dos laboratórios do curso em processo de finalização. (Foto: Renan Reitz/Por Acaso)

O coordenador nacional do curso de medicina da Estácio de Sá, Silvio Pessanha Neto, explicou que até outubro tudo precisa que estar pronto. “Neste mês o Ministério da Educação (MEC) fará a visita de inspeção à cidade. A equipe vai passar pelos hospitais, instalações de saúde do município e também ver se a nossa obra está dentro do que foi determinado em edital”, complementa.

O auditório tem um espaço de aproximadamente 200m² e já está nas últimas etapas de acabamento. (Foto: Renan Reitz/Por Acaso)

Enquanto tudo isso não acontece, a faculdade trabalha na elaboração do edital para a o processo seletivo de profissionais que vão compor o quadro de professores do curso. E, segundo Silvio, o edital para a seleção deve ser lançado em breve.

Os candidatos médicos que se interessarem em dar aula devem ter, no mínimo, especialização em alguma área da medicina. Mas o corpo docente não será composto somente por médicos, mas também por outros profissionais da saúde.

Num panorama geral, com o funcionamento da faculdade, a geração de empregos no primeiro ano do curso de medicina deve beirar a 50, considerando estruturas administrativas, setor de limpeza, técnicos e outros.

(Foto: Renan Reitz/Por Acaso)

Não vai ter vestibular?

Quem deseja fazer medicina em Jaraguá e entrar na primeira turma do curso, fica ligado porque não vai rolar vestibular. O processo de seleção vai acontecer a partir da nota conquistada na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A intenção é que, assim que o MEC fizer a liberação de funcionamento do curso, a faculdade lance o edital de seleção. A previsão para que isso aconteça é fim de novembro ou início de dezembro ainda deste ano. Será aberto um sistema de inscrição online, para que os candidatos registrem a nota na prova, as 50 melhores serão selecionadas.

A previsão é que as aulas iniciem em março de 2018.

Que tal essa foto aérea? A maioria das salas aguarda a instalação do forro no processo de acabamento. (Foto: Renan Reitz/Por Acaso)