Por: Max Pires | 7 anos atrás

Expofeira de Jaraguá do Sul

A EXPO 2010 – Feira de Negócios do Vale do Itapocu promete superar os resultados da edição anterior. Para que o bom desempenho da feira realizada em 2008 seja ainda mais positivo, a Comissão Organizadora cuida de todos os detalhes do evento, que acontecerá entre os dias 14 e 18 de julho, na Arena Jaraguá.

Com acesso gratuito para o público, a EXPO é um evento voltado a toda a família. Enquanto os pais conhecem nas áreas interna e externa as diversas opções de compras e de futuros negócios em todos os segmentos, no espaço de lazer e entretenimento as crianças contam com atividades organizadas pelo SESC.

No sábado e domingo duas promoções movimentarão o público, com o Dia da Gelatina e Dia do Sorvete e a distribuição gratuita das guloseimas. A diversão também estará assegurada com as presenças do mágico Luciano Pasquali. Também o curso de moda do SENAI estará presente com um desfile organizado em parceria com a empresa Buzmaq. Opções gastronômicas também não faltarão aos visitantes em uma completa praça de alimentação.

A EXPO 2010 vai concentrar 112 estandes internos e 12 externos, com 2.400m2 de área de exposição. Nas áreas de exposição, o público vai encontrar no Espaço Casa muitas novidades em produtos para o lar, ofertas do setor imobiliário e lançamentos em vários segmentos da indústria. Uma das inovações será a realização da Morada Office, ambiente que reunirá projetos desenvolvidos por escritórios de engenharia e de arquitetura da região.

Edson Roberto Schmidt, presidente da APEVI – Associação das Micro e Pequenas Empresas do Vale do Itapocu acredita que a EXPO vem conquistando cada vez mais credibilidade graças à qualidade do conteúdo que oferece ao público. “Mais do que uma feira que reúne em um local amplo as excelentes opções de compra e apresenta novidades em diversos segmentos, a EXPO é um momento de lazer e de diversão. A feira dá visibilidade às empresas e possibilita o fechamento de negócios, mas é também um atrativo para as comunidades de Jaraguá do Sul e de outras regiões de Santa Catarina”, lembra Schmidt.

A expectativa do coordenador geral, Jürgen Joesting, é de que a EXPO 2010 movimente um público de 60 mil pessoas na visita aos estandes e acompanhe todas as atividades dentro e fora do complexo da Arena Jaraguá. Considerando os resultados durante e depois da Feira, a APEVI estima uma movimentação financeira da ordem de R$ 10 milhões. “Tradicionalmente as feiras multissetoriais possibilitam aos participantes muitos negócios após a sua realização, além das vendas diretas no local”, lembra Jürgen Joesting.

Realizada a cada dois anos, a EXPO contabilizou em 2008 a presença de um público de 43.095 pessoas durante os cinco dias. O volume de visitantes foi 43,65 % superior ao registrado na edição 2006, gerando um volume estimado de negócios da ordem de R$ 8 milhões.