Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Hoje, graças à onipresença da internet, de computadores e de celulares, ouvir música está se tornando uma atividade cada vez mais solitária, individual. A importância do Sónar reside em proporcionar um momento de comunhão palpável para uma geração que não tem nem mesmo alguma referência física no que diz respeito à música. Não há mais CD, nem capas de discos. A música tornou-se uma experiência.

Palavras de Ricard Robles, pessoa que há 18 anos criou e vem tocando o festival Sónar.