Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

A partir de hoje, a Igreja Matriz São Sebastião, no Centro de Jaraguá do Sul, começa a cobrar pelo uso do estacionamento do local. O administrador da paróquia, Paulo Welter, explica que a determinação para carros e motos vai funcionar primeiramente em horário experimental, de segunda a sexta-feira, das 7 às 18h30, e aos sábados, das 7 às 13h30.

Welter conta que nos primeiros dias será feita a etapa de conscientização, na qual não será cobrado nenhum valor. Após esse período, a cobrança do estacionamento começa a valer. “Será um estacionamento normal, com cancela na entrada e saída” afirma. Os motoristas receberão um ticket com o horário de entrada e o número da placa do carro.

Para ele, o grande problema fica nas tardes que têm missas e encontro de idosos. “As pessoas de idade precisam pagar estacionamento, pois não tem vaga na igreja” conta. Ele ainda ressalta que o local terá apenas uma entrada, pela rua Marechal Deodoro da Fonseca, e que a entrada pela parte de trás da Igreja já foi fechada. A previsão é de que sejam investidos cerca de R$ 20 mil para implantar o sistema de vagas. O material já foi comprado e Welter aguarda a chegada para iniciar as obras.

Via O Correio do Povo.


Na época que o estacionamento no Centro era gratuito, pouco mais de 20 indivíduos faziam uso constante do pátio da Igreja, enquanto os demais proprietários de imóvel/estabelecimento da região preferiam estacionar seus carros confortavelmente na frente da própria loja (comparem: antes / depois). Como consequência disso foi necessária a vinda do esquema de estacionamento rotativo. Como virou bola da vez, agora o pátio está supersaturado, e novamente um esquema de cobrança é necessário para equilibrar a situação. Quem perde novamente são os usuários de conveniência, enquanto os comerciantes que antes já deveriam utilizar as ruas e quadras laterais, só agora vão passar a fazê-lo – mas o estrago para os próprios clientes fica, congrats.