Por: Gabriela Bubniak | 1 ano atrás

Uma pesquisa de estimativa populacional divulgada esta semana, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que a população de Jaraguá do Sul cresceu 16,8% nos últimos seis anos.

De acordo com os dados levantados, a população local passou de 143.123 em 2010, para 167.300 este ano, um crescimento médio anual de 2,8%. Isso significa que, a cada ano, mais de quatro mil pessoas firmaram residência ou nasceram na cidade.

Apesar de estar mais de um ponto percentual acima da média do Estado, que cresce 1,7% ao ano, o número demonstra que o aumento populacional de Jaraguá do Sul está desacelerando aos poucos. Para efeito de comparação, entre os anos 2000 e 2010, a taxa média de crescimento ficou em 5,9%, o que representa um incremento de 59% na população em dez anos.

Se o município mantiver a taxa de crescimento médio de 2,8% nos próximos anos, até 2020 o número de habitantes poderá chegar a 186 mil. Caso o quadro se concretize, isso significará que a população mais do que dobrou num período de 20 anos.

Na microrregião, a pesquisa aponta que Schroeder é a cidade com a maior média de crescimento entre os cinco municípios. Desde o último Censo, em 2010, estima-se que a população da cidade tenha crescido a uma média de 4,5% ao ano, quase o triplo do crescimento médio registrado no Estado, que foi de 1,7%. Nos últimos seis anos, a população de Schroeder cresceu um total de 27% – subindo de 15.316 em 2010 para um número estimado de 19.463 em 2016.

Guaramirim teve o segundo maior crescimento populacional, passando de 35.172 habitantes em 2010 para 41.879 este ano. Uma variação de 19% e média de 3,1% ao ano. Corupá e Massaranduba tiveram crescimento semelhante no período, de 10,7% e 10,6%, respectivamente (taxa média de 1,7%).

Segundo o IBGE, atualmente Corupá possui uma população estimada de 15.337 habitantes, enquanto Massaranduba possui 16.240 habitantes.

Em Santa Catarina, o crescimento médio dos últimos seis totalizou 10,5% no período. Em 2010, o Estado possuía 6.248.436 de habitantes, enquanto hoje a população estima é de 6.910.553, o que representa um incremento de mais de 662 mil habitantes.

Fontes: IBGE e OCP Online
Foto: Arquivo/OCP Online