Por: Gabriela Bubniak | 16/10/2017

Adorado por uns, odiado por outros… o fato é que o horário de verão chegou e a gente vai ter que engolir. Não sei vocês, mas eu demoro pra me adaptar com essas mudanças de horário, e descobri que o pessoal aqui do QG também!

Mas olha só, a coisa é mais séria do que a gente imaginava: um estudo realizado no Brasil concluiu que o corpo humano precisa de ao menos 14 dias para se adaptar totalmente ao novo horário.

Pois é, chefe nenhum pode reclamar de problemas como falta de atenção, de memória e sono fragmentado, porque são comuns. Haha! Por isso, trouxemos dicas de como se adaptar melhor a essa mudança:

1. Durma mais

Nos primeiros dias, o relógio biológico pode se atrapalhar um pouco. Então, vale dormir bem durante toda a primeira semana. Use essa hora extra para continuar na cama! E, claro, tente dormir oito horas por dia.

2. Pegue leve na comida

É bom ficar de olho na alimentação nos primeiros dias. Nada de comer muito antes de deitar. Prefira uma refeição leve e, à noite, fuja das bebidas estimulantes, como refrigerantes, chás e café.

3. Beba muito líquido

Aumentando a ingestão de líquido, o seu corpo tende a transpirar mais com a elevação da temperatura.

4. Pratique atividades físicas

Com a prática de atividades que movimentam o corpo, ocorre a liberação de hormônios que são benéficos contra depressão, aumentam em mais de 30% ou mais o período de sono das pessoas com insônia crônica.

5. Desconecte-se

Perto da hora de dormir, o cérebro não deve ser estimulado. Portanto, drible atividades que exijam esforço físico ou concentração. Quando já estiver deitado, tente ficar longe dos celulares. Você pode descansar com uma leitura, por exemplo, e tente esquecer dos problemas.

6. Relaxamento

Uma boa dica para dormir bem é utilizar técnicas de respiração e meditação.

*A lista foi montada a partir de fontes como Extra, UOL e A Tribuna, com a ajuda de psicólogos.

O horário de verão 2017 começou no Brasil na madrugada deste domingo, dia 15 outubro, e vai até o dia 18 de fevereiro de 2018.  Nesse período, o relógio é adiantado em uma hora. E depois de fevereiro, a dificuldade vai ser se adaptar com o horário normal, né? 😛