Por: Sistema Por Acaso | 03/01/2015

Honda_N-Box_01_670x400

No Brasil carros quadradões podem até causar certa estranheza, mas no Japão eles são parte de um segmento bastante peculiar: os kei cars, ou carros-caixote. Eles cumprem o desafio de serem pequenos por fora, para contornar a falta de espaço nas ruas daquele país (cerca de 3,5 metros de comprimento, mesma medida de um JAC J2), mas grandes por dentro, para dar conta das necessidades de carga e acomodação de uma família. Para fazer a conta fechar, a solução é uma só: linhas retas!

O mais recente lançamento do tipo é o N-Box Slash, fabricado pela Honda. O carrinho é todo incrementado, com várias opções de personalização externa e interna. A cabine é espaçosa o suficiente para virar uma cama, quando os bancos são escamoteados. Para deixar a vida do motorista mais mansa, há sistema de som, dois modos de direação hidráulica e freio de estacionamento elétrico.

Para mover essa simpática torradeira ambulante, há um motor de 660 cm³, com opções aspirada e turbo e possibilidade de tração dianteira ou integral. O consumo, segundo a montadora, é de amigáveis 25,8 km/litro de gasolina. Os preços partem de ¥ 1.380.000 (cerca de R$ 31 mil).

Honda_N-Box_02_670x400

Honda_N-Box_03_670x350

Honda_N-Box_03B_670x350

Honda_N-Box_04_670x350

Honda_N-Box_05_670x350 Honda_N-Box_06_670x450

Fonte.