Por: Ariston Sal Junior | 3 anos atrás

homem-impotencia-620x400

Um estudo feito com 3.500 homens, em sete cidades brasileiras, mostra que, além de ir ao médico com pouca regularidade, o público masculino desconhece informações importantes para viver e envelhecer com mais qualidade de vida e bem-estar.

pesquisa-dados-urologia

83% dos entrevistados mencionou não conhecer os sintomas da andropausa e 59% não sabem qual a medida ideal da circunferência abdominal para evitar problemas de saúde.

Pois é aí que está a grande incógnita da equação Preocupação X conhecimento: mesmo sem conhecer uma série de assuntos sobre sua saúde, a impotência sexual é dos assuntos que mais preocupa o homem (28%), até mais do que o desemprego (25%).

E este é o alerta que a SBU, em parceria com a Bayer, espera transmitir com a pesquisa nesteDia do Homem. Com a crescente expectativa de vida masculina, que pode chegar aos 70 anos, é natural que se busque viver melhor na medida em que envelhece. Por isso, mais do que nunca os cuidados com a saúde não podem passar batidos.

Principais achados da Pesquisa:

Amostragem: 3.500 homens acima dos 40 anos. 

Cidades participantes: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador e Goiânia. 

  1. 28% dos entrevistados têm como maior preocupação ficar impotente, contra 25% que afirmaram temer a perda do emprego ou ser traído pela parceira;
  2. 51% dos homens não costumam ir ao urologista ou ao cardiologista com regularidade;
  3. Entre os problemas de saúde que podem afetar os homens, o câncer é o que mais preocupa, com 20%;
  4. 83% dos homens não conhecem os sintomas da andropausa;
  5. 55% dos homens desconhecem a medida de sua circunferência abdominal atualmente;
  6. 59% não sabem qual a medida ideal da circunferência abdominal para evitar problemas de saúde;
  7. 48% dos homens não sabem ou nunca ouviram falar sobre a reposição hormonal masculina com testosterona.

Algumas questões importantes que merecem entrar no check-list do público masculino:

  1. A andropausa é a baixa acentuada da testosterona ao longo dos anos e pode causar a tão temida impotência sexual, que pode ser resolvida com a reposição hormonal a base de testosterona.
  2. Manter a forma não é só uma questão de vaidade – a famosa “barriguinha de chopp” está diretamente relacionada com a saúde. Por isso, atente-se ao número da sua circunferência abdominal, que idealmente deve estar entre 90 cm e 95 cm.
  3. Exames como o de toque estão longe de fazer com que o homem perca sua virilidade – e 90% dos pacientes vão ao consultório levados pela companheira, como aponta a pesquisa.
  4. A chave para o tratamento e cura de muitas doenças é a detecção precoce. Por isso é tão importante consultar um médico com regularidade e compartilhar o conhecimento!

Via Tudo Para Homens