Por: João Marcos | 23/01/2015

Em tempos de 10º Femusc (Festival de Música de Santa Catarina), que reúne cerca de 850 participantes em Jaraguá do Sul, nem os musicistas estão livres de terem seus instrumentos furtados. Na tareça-feira (19), um homem de 26 anos roubou um violoncelo e tentou vendê-lo nas escolas de música, aproveitando o movimento gerado pelo Festival. Ele foi preso no final da tarde de quarta (20) e o instrumento devolvido à proprietária, a violoncelista Sabrina Tecila, 18 anos, de Jaraguá do Sul.

IMG-20150122-WA0058 (1)

Sabrina conta que na manhã de terça, encerrou a aula com seu professor e namorado Maycon Cordeiro, 22 anos, e saiu para trabalhar, deixando o instrumento na casa dele, na Rua Venâncio da Silva Porto, Bairro Nova Brasília. No final da tarde, quando ambos retornaram do trabalho, perceberam o sumiço do violoncelo. Sabrina e Maycon registraram um Boletim de Ocorrência sobre o furto.

“O Maycon foi nas escolas de música e lojas de móveis usados para tentar localizar ou obter informações”, lembra a musicista. Coincidentemente, uma dessas escolas fica próxima à casa do professor e foi lá que um homem, de 26 anos, apareceu, na quarta-feira, perguntando se a proprietária queria comprar um violoncelo. Ele não portava o instrumento. Como ela argumentou que não poderia comprar sem ver, ele disse que iria buscá-lo e voltaria. Mas não voltou.

“A dona da escola telefonou pra mim e avisou da tentativa de venda”, lembra Maycon. Ainda no final da tarde de quarta-feira, o suspeito passou de bicicleta na frente da escola de música, com o instrumento das costas. A dona do estabelecimento reconheceu o homem e ligou para Maycon e para a Polícia Militar, enquanto seu marido seguia o suspeito.

Por volta das 18 horas, ele foi abordado pela PM, ainda próximo à escola de música. Ele confessou o furto e a tentativa de venda. O suspeito foi preso e encaminhado ao Presídio Regional e responderá por furto. O casal de musicistas, Sabrina e Maycon, recuperou o instrumento.

Via