Por: Tita Pretti | 4 anos atrás

Não será a primeira e nem a última vez que um filme “ressuscita” um ator morto para cumprir a finalização de um filme. No caso mais recente, Paul Walker, morto em novembro de 2013 em um acidente de carro, o sétimo filme da franquia Velozes & Furiosos contou com uma ajudinha tecnológica.

De acordo com uma foto divulgada no site Screen Crush, é possível ver Walker criado com efeitos especiais para o filme, que estreia no Brasil no próximo dia 2. A tecnologia seria a mesma usada para criar Gollum na franquia O Senhor dos Anéis e Caesar em Planeta dos Macacos: O Confronto.

Segundo o site Deadline Hollywood, o trabalho, inclusive, teria sido feito pela empresa Weta Digital, de propriedade de ninguém menos que Peter Jackson. As cenas inacabadas de Paul Walker contaram também com uma ajudinha familiar: seus irmãos, Caleb e Cody Walker como dublês que, com auxílio do CGI (imagens geradas por computador, do inglês “computor generated images), efeitos de luz e outros recursos, conquistaram uma semelhança que promete impressionar o público nos cinemas.

Confira a imagem real do ator (esquerda) e como ficou a recriação digital (direita):

imagem