Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

Conhece o Sérgio Neiva Cavalcanti? Conhece sim, só que não pelo nome. Na altura dos 50 anos Serginho Mallandro mandou ver numa entrevista de três páginas pra Revista Trip. Dei uma zapeada por lá é devemos reconhecer: o cara é muito fera. Tem histórias de tudo quanto é tipo, vai ai um aperitivo que tem na receita alguns mitos de nossa infância:

Sérgio Mallandro, Xuxa e Angélica

Você conheceu a Xuxa nessa época?
Pegava a Xuxa no [programa humorístico] Planeta dos homens e levava de moto pra casa dela, em Marechal Hermes [subúrbio na zona norte do Rio]. Às vezes dormia lá, no quarto dos meninos. Ela ficava num quartinho com o pai e a mãe. Um apartamento muito humilde. Xuxa é uma vencedora, maravilhosa.

Os dois sem grana, né?
Ela empurrava minha moto! Não tinha dinheiro pra nada, nem pra gasolina. Então metia mangueira na Xuxa. Rááá! Quer dizer, metia a mangueira no tanque do carro do pai da Xuxa! A gente ia pra [praia] Coroa Grande.

E…
Lembro da gente um dia lá, a praia deserta. Eu, a Xuxa, a Luiza Brunet, que era amiga dela, e o primeiro marido da Luiza, um baixinho. Xuxa de topless, a Luiza de topless e o cara querendo dar uma corrida [risos]… Tá louco?! Luiza, chega pra cá, Xuxinha, vai pra lá. E deitei no meio das duas, pra pegar sol.

Só pegava o sol?
Só pegava o sol… Era amigo, mesmo. Fomos virando amigos, irmãos e bababá, bebebé…

Bababá, bebebé?
Dei uma beijoquinha nela, um beijo platônico [risos]. Olha, se fosse falar quatro ou cinco nomes de mulheres famosas que já peguei…

Fala aí.
Não, não. Estão todas casadas…

Você queria trabalhar na TV?
Fiz faculdade até o terceiro período de comunicação. Aí entrei no teatro, no Tablado. Todo mundo falava que eu tinha que ser artista. “Tu é engraçado, tem que fazer um programa na televisão.” Eu começava a contar uma história e dali a pouco tinha 15 pessoas escutando. Fui representar o Rio no programa Cidade contra cidade, do Silvio Santos.

Como foi?
Tinha que arrumar três mulheres para representar o Rio. Levei minha namorada, a Xuxa e a Solange Couto, que era mulata do Sargentelli. A gente ganhava um carro atrás do outro. Falo pro Silvio: “Na bancada tinha eu e a Xuxa. E você, com seu instinto empresarial, me escolheu! Tu era louco?!” [risos].


O cara só solta pérola…  Fecho o post com essa:

Quanto tempo já ficou sem sexo?
Quando mandam a gente fazer aquele exame de próstata, tem que ficar 48 horas sem sexo. Acho que foi isso. Aliás, tô até precisando tomar a dedada.


Se estiver com um tempinho de sobra dá uma passada lá, é material de primeira sobre uma das grandes lendas vivas desse país.