Por: Tita Pretti | 4 anos atrás
Suzane Von Richthofen e Deborah Secco (Foto: Reprodução | AgNews)

Suzane Von Richthofen e Deborah Secco (Foto: Reprodução | AgNews)

Presa há 12 anos condenada pelo assassinato dos pais, Manfred e Marísia, Suzane Von Richthofen continua estampando manchetes nos jornais e atraindo a curiosidade de muitas pessoas.

Depois de ser condenada a 38 anos e seis meses de prisão, muita coisa mudou durante o tempo em que está encarcerada no presídio de Tremembé (SP): ela se tornou evangélica, abriu mão de lutar pela herança dos pais e se casou com Sandra Regina Gomes (ex-mulher da também famosa Elize Matsnunaga, presa pela morte e esquartejamento do marido Marcos Kitano Matsunaga, em 2012).

Com uma história hollywoodiana, agora Suzane vai se tornar personagem de um filme que será dirigido por Fernando Grostein (do longa-metragem “Na Quebrada”), irmão de Luciano Huck. O filme será uma adaptação do livro ‘Richthofen – O Assassinato dos Pais de Suzane’, escrito por Roger Franchini.

“A história tem todos os elementos clássicos de uma grande tragédia. A paixão, o sexo, a inveja, o ciúme… Amamos e odiamos na mesma medida. E ao vermos que uma garota linda, rica e com um futuro promissor realizou o que um dia desejamos secretamente, ficamos chocados com a descoberta de que matar alguém é muito mais fácil do que pensávamos”, disse Grostein.

Em enquetes realizadas nas redes sociais, Deborah Secco é o nome mais cogitado para interpretar a história de Suzane.

Com informações do ClicRBS.