Por: João Marcos | 3 anos atrás

Já falei diversas vezes por aqui que, apesar de escrever diariamente sobre Jaraguá do Sul e ter adotado a cidade como casa, pelo menos 19 dos meus 23 anos de vida eu moro na cidade mais #HUEHUEBR do Brasil.

Guaramirim tá longe de ser uma gigante, um pólo, um modelo… mas sabe aquela cidade que você chama de LAR com todo o orgulho? Então, é esse o sentimento.

gmm

Aí ontem rolou um informe duma campanha por aqui chamada “Falar bem de Guaramirim, faz bem pra Guaramirim“. O que é a mais pura verdade.

Independente de partido político, problemas na sua rua (que sim, merecem ser mostrados e cobrados), ou brigas com seu vizinho. Você já parou pra pensar que a internet virou um muro de lamentações e de reclamações onde apenas expomos o que há de ruim? Qual foi a última vez que você parou pra falar bem da cidade em uma publicação em tuas redes sociais?

E vir com aquele discursinho manjado de que “Vou falar o que? Guaramirim não tem nada de bom!” que esse não cola mais.

Me diz no que a predominância do noticiário negativo pode ajudar nas melhorias dos problemas que você tem? Enquanto se fala mal, ninguém mais vai querer vir, investir ou conhecer nossa cidade. Logo, sem grana e pessoas…

Agora imagine comigo se começarmos a falar bem da cidade, nem que para apenas se igualar ao noticiário negativo, qual o resultado disso? Ao meu ver teríamos uma população mais unida que, tecnicamente, serviria como um atrativo para o desenvolvimento tanto econômico quanto social do município.

Ontem mesmo o cartunista Fernando Bastos vestiu a camisa e aderiu a campanha. Lançou uma charge lá no perfil dele no Facebook acompanhada de uma lista das coisas que o fazem amar Guaramirim. Ó só:

Na foto, três figuras que podem não ser lá tão amigas mas que possuem um amor em comum: Aqui é Guaramirim meu filho!

Na foto, três figuras que podem não ser lá tão amigas mas que possuem um amor em comum: Aqui é Guaramirim meu filho!

Sou jaraguaense, mas moro em Guaramirim desde 2009 e aprendi a gostar daqui por esses 10 motivos:

1.    Cidade calma e limpa;
2.    Caminhar à noite tranquilamente;
3.    Dog do Paulo;
4.    Ir ao parque do centro e ver a Sofia brincar;
5.    Locadora da vídeo arte com as atendentes super simpáticas;
6.    Tudo é pertinho de casa;
7.    Tocar violão no vizinho tomando vinho;
8.    Almoço domingo na sogra;
9.    Comer pizza na Pizzaria Master;
10.   Está perto de Jaraguá.

Dez. Ele listou DEZ motivos que o fazem amar a cidade, é impossível que você não tenha nem um para compartilhar. Por exemplo, troquei uma ideia rápida na manhã de hoje com alguns amigos e os desafiei a responderem uma simples pergunta:

Por que você ama Guaramirim?

As respostas? Pois bem…

Pedro Hackbarth – Comprador
Guaramirense há 26 anos 

Gosto de Guaramirim pela calma da cidade. Por ser uma cidade pequena a gente acaba conhecendo muitas pessoas, e isso é interessante, pois toda vez sair para tomar uma cerveja, por exemplo (não importa em qual bar seja), nunca tomo ela sozinho. Sempre vai ter um camarada teu pra te contar boas histórias e te fazer dar boas risadas.

—–

Ana Carolina Tilles — Pedagoga
Guaramirense há 23 anos

Amo morar em Guaramirim, já tive a experiência de estar um pouco longe por um ano, mas todos os finais de semana eu voltava pois aqui é o meu lugar. Me sinto parte desta cidade, minha família toda é daqui. Não sou só mais uma, adoro andar pela cidade e conhecer as pessoas, cumprimentar e saber das histórias de quase todos. Me faz bem morar em Guaramirim!

—–

Elton Melchioretto — Fotógrafo
Guaramirense há 32 anos 

Gosto de morar aqui por conta das amizades que cultivei durante todos esses anos. O fato de ser uma cidade “pequena”, faz com que seja difícil perder o contato com essas pessoas. É um ótimo lugar para se chamar de lar.

—–

Aproveitando o embalo, resolvi entrar na brincadeira e convidei o Ricardo também. Como bons Guaramirenses aqui do QG, o que saiu foi:

Ricardo Daniel Treis — Publicitário
Guaramirense há 36 anos

Amo Guaramirim por ser o lar da minha infância. A cidade é sinônimo de memórias, lições, grandes personagens e estimados amigos de longa data. Foi nas ruas de Guaramirim que aprendi a andar de bicicleta e também dirigir automóvel, onde andávamos livres noite adentro e tive as primeiras e grandes lições de convivência. Amo a tranquilidade que ela transpira e cada momento que tenho quando volto pra uma visita. Guará é garrafão de vinho, pé de goiaba, skate na veia, lanche no Master, festa de garagem, conversa com o vizinho e muito mais. “Tô aqui, mas um pé tá lá”. Entendedores entenderão. =]

—–

João Marcos de Souza — Publicitário
Guaramirense há 19 anos

Difícil listar apenas uma coisa que me faz gostar dessa cidade. Como falei anteriormente, não nasci aqui mas, 19 dos meus 23 anos moro na cidade e não sei se ela me adotou ou vice-versa. Guaramirim pra mim é sinônimo de amizade, roda punk no Curupira, futebol com bicho de pé na areia do Seleto e Jambo free no estacionamento do Lauro Zimmermann. Guaramirim é uhhhhh seu demonho e égua a cada cinco palavras. Cara, Guaramirim é Guaramirim.

—–

Pra fechar com chave de ouro, me diz quem tem um hino com a frase “Minha terra preferida tua luz é minha vidaaaaaaa” interpretado assim:

E você, o que te faz amar essa cidade? Tá lançado o desafio, pare pra pensar um pouco e, se quiser, a caixa de comentários está aberta. Quem sabe não role uma segunda edição desse post apenas com a contribuição de vocês, hein?