Por: Max Pires | 27/05/2011

cheers

As cheerleaders dos Estados Unidos podem, em breve, considerar-se esportistas. Dois grupos pediram à Associação de Colégios para que analise uma proposta para tornar a atividade uma modalidade esportiva, de acordo com o jornal The New York Times.

Os grupos querem o reconhecimento de uma nova modalidade do cheerleading como um “esporte emergente” para as mulheres. Eles se baseiam no esforço físico feito pelas garotas para realizar coreografias, saltos e outros movimentos.

Caso a proposta seja aceita, há a possibilidade de se criar programas para financiar equipes de cheerleaders. As atletas seriam recrutadas por meio de bolsas de estudo, com participação das garotas em um campeonato nacional.

Além disso, os programas atléticos universitários poderiam incluir as equipes de cheerleaders entre as iniciativas que atendem à lei federal que proíbe a discriminação entre gêneros na educação.