Por: Sistema Por Acaso | 7 anos atrás

Antes de fundar o Massive Attack em 1988, Robert Del Naja também conhecido como 3D já fazia arte em Bristol, na Inglaterra, grafitando pela cidade contra o governo Thatcher, em uma época anterior a Banksy e a noção de arte urbana que temos hoje.

Educado pelas ruas, 3D aprendeu arte às avessas, primeiramente se interessando pela estética que invade os espaços públicos para depois buscar os trabalhos que invadem as galerias e as convenções de belas artes, inspirado por Haring, Basquiat e Warhol. Seu trabalho visual reflete a densidade, engajamento, ritmo e tons do trip hop que faz com o Massive Attack, com elementos contemporâneos, étnicos, eletrônicos.

Além da capa de seu disco Heligoland, ele ilustrou quatro discos do Unkle. Um deles, War Stories (2007), inspirou uma exposição no ano seguinte que logo chamou a atenção de críticos de seu país de origem e da comunidade internacional. Batizada de War Paint, suas telas trazem a experiência impactual do grafite com a seriedade dos temas propostos e a frieza das batidas trip hop.

Conheça aqui mais alguns de seus diferentes trabalhos ao longo dos últimos anos.

Via Música Pave