Por: Ricardo Daniel Treis | 25/08/2015

Matéria via Estadão:

Project-Sunroof1

O Google anunciou uma plataforma que visa identificar o potencial de uso de energia solar de uma residência. O serviço, chamado de Project Sunroof, aponta o espaço útil para instalação de placas solares (em casas ou prédios), estima em horas o tempo de luz solar que a área recebe, além da economia anual gerada pela sua adoção.

Googles-Project-Sunroof

 

Inicialmente restrito às cidades americanas de Boston (em Massachusetts, na costa leste), Fresno e São Francisco (Califórnia, na costa oeste), o projeto deve expandir para outras cidades americanas e, possivelmente, para o resto do mundo. Tudo dependerá do sucesso da iniciativa.

Para obter as informações que precisa, o usuário insere seu endereço e o sistema, baseado na ferramenta Maps, gera os resultados de forma imediata, exibindo ainda uma espécie de mapa de calor do local. Segundo a empresa, a ferramenta considera uma visualização 3D do terraço de casa edifício, o posicionamento do sol ao longo de um ano, a presença de sombras (por árvores ou prédios próximos), além de padrões históricos de nuvens e temperatura local. Ao final, o usuário tem acesso a uma lista de fornecedores de painéis para compra ou aluguel.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/_BXf_h8tEes” width=”650″ autohide=”1″]

Uma residência em São Francisco que receba 1800 horas de luz solar no ano, com uma área disponível de 90 metros quadrados, por exemplo, poderia contar com uma economia de mais de US$ 13 mil no ano (R$ 45,2 mil).

Continue lendo.