Por: | 6 anos atrás

O novo comercial da Gillette com Sabrina Sato, as ”gêmeas do nado sincronizado” o rapper sul coereano Psy não foi muito bem recebido pela galera e já foi retirado do canal oficial da Procter & Gambler. O vídeo tentava impor uma nova tendência: a da obrigatoriedade da depilação masculina, como se isso fosse uma preferência feminina. A gritaria nos sites masculinos foi grande. Se por um lado, muita gente depila por questões esportivas ou mesmo estéticas, a marca forçou a barra ao propor uma discriminação aos não depilados que não corresponde ao comportamento social existente até agora, onde  ser liso ou peludo são apenas questões genéticas e preferir um ou outro uma questão de gosto pessoal. A Gillette quis interferir nisso e se deu mal. Para assistir aos vídeos, somente com as publicações de usuários que baixaram os vídeos antes.

Uma dos indicadores da baixa aceitação está nos números gostei/não gostei: a maioria estão desaprovando o comercial.

O Kibeloco deu uma paulada forte neles, como pode ser visto aqui.

O vídeo que causou este estresse todo foi este abaixo.

[youtube_sc url=”http://www.youtube.com/watch?v=bARl0l7QMcM”]

 

 

O Away também não curtiu

 

[youtube_sc url=”http://www.youtube.com/watch?v=sYLIU0e4OH8&feature=player_embedded”]